Diretor admite continuação de "Bohemian Rhapsody"

Rumores ou pistas? Produtor do longa diz que ainda não existem planos concretos

Rudi Dolezal já sabia que estava documentando o fim de uma lenda, ao finalizar These Are the Days of Our Lives – o último clipe do Queen rodado com Freddie Mercury ainda entre nós em 1991. Agora, Dolezal acredita que a alma do líder do Queen está mais viva do que nunca após o sucesso de Bohemian Rhapsody. Segundo o diretor austríaco, a sequência do longa que faturou 4 prêmios da Academia no Oscar deste ano, além de US$ 870 milhões nas bilheterias, pode acontecer em breve, e seria filmada a partir de 1985, no épico Live Aid – ponto onde o filme estrelado por Rami Malek terminou.


Mais pistas


Além de Rudi Dolezal, um dos chefes do projeto Bohemian Rhapsody deu pistas de que a continuação da cinebio deve realmente começar mais cedo do que se imaginava. Brian May admitiu recentemente que há muitas outras histórias sobre Freddie a serem contadas e ratificou que “o Live Aid é um ótimo ponto de partida. “Quem sabe poderia gerar uma sequência”, comentou o guitarrista.


Produtor nega


Já Graham King- um dos produtores de Bohemiah Rhapsody - foi ouvido pelo site Slash e deu sua versão sobre o futuro de uma eventual sequência. "O problema é que o filme é concluído mais ou menos no período em que Freddie morre e não sei se as pessoas gostariam de saber como o resto do Queen continuou após o fim da banda", aponta. 



alphafm

CONHEÇA MAIS SEU ARTISTA